Primeiro episódio da série Pulso

Temos o prazer de apresentar o primeiro episódio da Série Pulso, com o tema “DNA do artista independente”. A ocupação, que aconteceu aqui entre os dias 22 de junho e 18 de julho, reuniu cerca de 30 artistas e produtores da música independente em convivência diária.

Assista ao episódio “DNA do artista independente”, o primeiro da série:

Para saber mais sobre a série Pulso, conversamos com Oga Mendonça. Ao lado de Hugo Haddad, ele é responsável pela direção e edição da série e acompanhou seu processo do começo ao fim. Confira nosso papo!

segundo episódio da série: “A Arte da autopromoção”

Como foi acompanhar o projeto Pulso dentro e fora do Red Bull Station?

Foi um daqueles raros momentos em que você tem noção que está fazendo parte da história. Nunca a palavra imersão fez tanto sentido. Nós tivemos sorte de vivenciar essa experiência desde o início: recebemos as primeiras planilhas com os nomes dos músicos que os curadores sugeriram, estivemos no primeiro almoço de apresentação dessa galera toda e presenciamos os primeiros momentos de interação dos artistas. O processo da vivência do PULSO foi muito bem documentado pelo site da Red Bull, pela imprensa e até mesmo pelos músicos que postaram suas criações no Instagram, Facebook e até livestream como o Periscope. Por isso, pensamos em um conteúdo diferente que não envelhecesse e ao mesmo tempo completasse a experiência de quem acompanhou a cobertura. Por isso, uma websérie documental que catalogasse o “modus operandi” dos artistas da cena independente atual. Nestes quatro​ episódios da série, entrevistamos uma parte dos artistas que participaram do PULSO e selecionamos as melhores dicas para o espectador entender e sobreviver no cenário musical independente de hoje.

Terceiro episódio da série: “Do que é feita a cena independente?”

Serão quatro capítulos, cada um sobre um tema. Como foi selecionar essas temáticas dentro de um universo amplo como a música independente?

Foi difícil; é um exercício profundo de desapego. Todo mundo que participa da cena independente​, seja artista, produtor, curador etc, fala com muita paixão sobre os temas. Então, tudo ganha um peso e uma importância imensa. Editar tanta história boa é prazeroso e angustiante ao mesmo tempo. Tivemos que optar por um recorte: trabalhar temas que fossem úteis e interessantes para quem é atuante da cena mas que, ao mesmo tempo, funcionasse para alguém que está se preparando para entrar nela. Nos primeiro episódio, o DNA do artista independente, procuramos características em comum em artista de gêneros tão distintos e captamos os aprendizado que foram importantes para eles fazerem o que fazem hoje. No segundo episódio, A Arte da autopromoção, os artistas nos contaram como fazem para se relacionar com o seu público, como eles usam ferramentas como as redes sociais, a importância de fazer isso coletivamente (como os selos) e como funciona o marketing na era do “faça você mesmo”. O terceiro, Do que é feita a cena independente, temos ótimas definições do termo “cena independente” que explicam muito bem como estes artistas se relacionam e produzem sua arte. Mais do que formas de monetização da sua arte, os artistas deram dicas de como se manter produtivo e ativo na cena. O último episódio, O futuro da cena independente, os artistas falam sobre o que o futuro reserva para a cena, tendências para o mercado e novas formas de consumir música.

Quarto episódio da série: “O futuro da música independente”

Por Camila Alam

Série Pulso:
Direção e edição​: Hugo Haddad e Oga Mendonça
Direção de fotografia: Marcel Carneiro
Assistentes de fotografia: Guilherme Zorzetto Garcia e Fabio Benvenuti
Assistentes de câmera: John Evans e Ricardo Vamp
Produção: Paula Chiaverini
Aúdio: Matheus Carone
Motion Graphics: Oga Mendonça