Roberto Freitas

As traquitanas de Roberto Freitas utilizam o som, a luz e toda uma engrenagem de composição para apresentar animações de desenhos e pinturas do próprio artista: a repetição dos gestos de um homem correndo, dançando ou andando de bicicleta dão a esses desenhos o movimento. Ainda que a tecnologia esteja presente em seu trabalho, sua poética parece de certa forma contradizê-la, pois a atenção do espectador é convidada a se voltar aos engenhosos processos, que precedem e autorizam o movimento dessas imagens.