Notícias
Palestras

5 momentos do Red Bull Music Academy Session com Quantic

29abr

por Red Bull Station

Quantic falou sobre sua trajetória no Red Bull Station neste sábado (29)
Quantic falou sobre sua trajetória no Red Bull Station neste sábado (29)

Will Holland é mais conhecido na praça pelo nome artístico Quantic e, embora britânico, aprofundou-se nas produções e na pesquisa da sonoridade latina ao longo da última década de carreira. O índice de rendimento do músico é tão grande que, com apenas 37 anos de idade, já colocou no mercado 17 álbuns –envolvendo projetos como The Limp Twins, The Quantic Soul Orchestra e o Ondatrópica.

De passagem pelo país, esteve no Red Bull Station, em São Paulo, para um bate-papo como parte do Red Bull Music Academy Session neste sábado (29). Ali, Quantic falou sobre sua experiência no universo musical e a busca incessante por vinis que enriqueçam sua coleção, bem como a paixão que floresceu do contato com a cultura latino-americana. Comentou algumas faixas preferidas, colocando-as no toca-discos para que o público pudesse ouvir (do sound system jamaicano ao rock psicodélico setentista vindo do Peru), e revelou um pouquinho sobre o que andou criando durante as gravações realizadas no nosso estúdio durante a última semana. Separamos, abaixo, cinco momentos da conversa.

Criação livre e musical
“Meus pais sempre foram bem cabeça aberta. Minha mãe era cantora e meu pai era um obcecado por banjo e pelo country de maneira geral. Eles não eram hippies, mas pertenciam à geração do folk. Então, cresci ouvindo esses tipos de som. E tínhamos um piano na casa em que morávamos. A mudança maior para mim veio quando eu descobri o Iron Maiden. Pensei: ‘nossa, dá para eletrificar! [risos]’, porque sempre estive habituado aos instrumentos acústicos. Nos anos 90, comecei a entrar em contato com a música eletrônica, e a experiência de samplear me levou para o hip-hop. A partir dali, conheci mais sobre o soul e o jazz.”

Paixão pela latinidade
“É bem difícil conseguir ouvir boa música latina na Inglaterra. A gente acaba tendo contato apenas com os clichês. Se você tem interesse em uma educação musical maior, precisa cavar. Tive a chance de ir para Porto Rico em um festival e passei a conhecer mais sobre os sons da região. Tenho um amigo cineasta que é de Cali (Colômbia). Eu colecionava discos e queria fazer uma pesquisa por lá. Acabei indo e me apaixonando. É uma cidade bastante intensa onde prevalece a salsa. Mas sempre quis fugir do que era caracterizado como coisa de turista, não queria ser o gringo. Um amigo músico resolveu que queria gravar algumas coisas de cúmbia. Convidou 13 músicos. Todos chegaram ao mesmo tempo e foi um desastre a gravação [risos]. Ninguém se conhecia, eu não falava espanhol… Com o tempo, coisas novas foram surgindo.”

Musicalidade plural
“Eu realmente mudo bastante [risos]. Gosto da ideia de reinvenção. Mas, de maneira geral, acredito que existam coisas em comum entre os meus trabalhos, porque sempre me mantenho no contexto de fazer música para dançar e com linhas de baixo marcantes. E gosto do aspecto da melancolia na pista de dança. Não curto muito romantismo e coisas do tipo. Eu não tenho também o costume de ouvir os álbuns que eu fiz. Me dedico a um projeto e não retorno a ele depois de pronto. Não gosto da ideia de ser possessivo. E sobre o meu processo de criação, os discos são sempre reflexo das interações sociais que tenho, das pessoas que vou conhecendo ao longo do caminho. Esse é o meu combustível.”

Sobre apropriação cultural
“Ainda sigo refletindo bastante sobre esse assunto. Há o lado do músico em mim que pouco se importa, que quer trabalhar com artistas do mundo todo, trocar experiências, conhecer estilos diferentes e produzir arte. A coisa da alegria em fazer música. Mas quando falamos da questão mercadológica, existe uma questão a se pensar. Há muitos músicos esquecidos, talentos não reconhecidos. Acho importante que as pessoas revelem suas fontes, que falem de onde aquele gênero pertence, quem compôs aquela canção etc. Há muito interesse europeu em música latina. Bandas de lá que tocam os sons daqui ou da África. Mas eu espero que também haja um diálogo inverso. Que bandas africanas toquem Beatles, por exemplo.”

Gravação no Red Bull Studios
“Durante essa passagem por São Paulo, tive a oportunidade de entrar em estúdio. Gravei por três dias com um time de músicos brasileiros, trabalhando com a sonoridade do Nordeste, que é a minha preferida. Maracatu, forró… Trouxemos um sanfoneiro excelente. Tenho material para um álbum, mas ainda não sei em qual formato essas canções serão lançadas ou quando.”

Arte

Curador e diretor artístico do Red Bull Station participa de palestra em Barcelona

27abr

por Red Bull Station

Fernando Velazquez durante palestra no Pulso 2016, aqui no Red Bull Station
Fernando Velazquez durante palestra no Pulso 2016, aqui no Red Bull Station

Responsável pela curadoria e pela direção artística do Red Bull Station desde a abertura em 2013, o artista multimídia Fernando Velazquez viajou para Barcelona neste fim de semana. Ele participa do evento anual IAM Weekend, que rola entre 27 a 30 de abril com o tema “The Renaissance of Utopias”. Organizado pelo Internet Age Media, o foco dessa turma é refletir sobre o futuro e a conexão entre tecnologia, educação e cultura em diversas plataformas.

Fernando nasceu em Montevidéu, no Uruguai, mas mora em São Paulo desde 1997. A pesquisa de trabalho dele inclui os campos da arte, tecnologia e filosofia. Mestre em Moda, Arte e Cultura pelo Senac-SP, pós-graduado em Video e Tecnologias On e Off-line pelo Mecad de Barcelona, participa de exposições e palestras no Brasil e no exterior.

No evento, ele vai falar um pouco sobre os trabalhos no Red Bull Station dentro da discussão “Post-Work”. A reflexão toda será em torno da definição e distribuição dos novos conceitos de trabalho e dos valores das ideias criativas tanto na política quanto na educação da sociedade de amanhã. Para quem quiser saber mais, vale destacar que o conteúdo estará disponível gratuitamente por duas semanas na página oficial do evento.

Arte

Instalação “Monstera Deliciosa”, de Manuela Eichner, aberta para visitação neste sábado (8)

07abr

por Red Bull Station

Com recortes, cores e plantas, a instalação “Monstera Deliciosa”, da artista visual Manuela Eichner, estará aberta para visitação somente neste sábado (8), no Red Bull Station.

Nascida no município de Arroio do Tigre, no Rio Grande do Sul, Manuela trabalha em diversas frentes artísticas – de vídeos e performances a peças de design gráfico e instalações. Neles, vale-se dos princípios de colagem, ruptura e embaralhamento da unidade espacial, contextual e semântica de imagens de procedências distintas.

Nos projetos que fazem parte do Monstera, tal qual o exibido por aqui, imagens de corpos e objetos em colagens tridimensionais se misturam no espaço composto por plantas.

Monstera Deliciosa – Manuela Eichner from Aline Belfort on Vimeo.

 

Arte

Coletivo PURA assume direção da Cafeteria

03abr

por Red Bull Station

Temos novidades na nossa cozinha! A partir do dia 11 de abril, a Cafeteria passa a ser comandada pelo Coletivo PURA, idealizado pela dupla Maurício Muñoz (ex-Spot, Astor e Ritz) e Vinícius Rioli (Felix Bistrot). O novo time aposta em ingredientes mais orgânicos e menos industrializados, em um cardápio que muda de acordo com cada estação do ano. A proposta é aproximar os consumidores do alimento que está ali no prato.

P-20150428-00088_News

Para o primeiro cardápio da nova Cafeteria, que chega junto do Outono, as principais escolhas são ingredientes típicos da estação:  abóbora, abobrinha, coco e folhas como o agrião.

Confira o cardápio completo abaixo:

Almoço executivo (11:30 às 15:30)

Entradas

Salada de folhas com castanhas e frutas R$ 12 (pequeno) R$ 21 (grande)

Tartare de pupunha, coentro e frutas c/ Chips R$ 15 (pequeno) R$ 27 (grande)

Espeto de sardinha com purê de abóbora R$ 12 (pequeno) R$ 21 (grande)

Sopa do dia R$ 9 (pequeno) R$ 16 (grande)

Montadito do dia R$ 10 (unid.)

Principal

Espaguete de abobrinha com molho de ervas frescas e castanhas R$22 (serve 1 pessoa) R$ 40 (serve 2 pessoas)

Escondidinho de abóbora e mix de legumes salteados R$ 24 (1 pessoa) R$ 45 (2 pessoas)

Guisado de raízes e cortes bovinos R$ 27 (1 pessoa) R$ 50 (2 pessoas)

Frango picante com tomate assado e arroz de coco R$ 25 (1 pessoa) R$ 47 (2 pessoas)

Sanduíche de costelinha assada com melado, agrião e mostarda c/ Chips R$ 22

Sobremesas

Frutas cortadas R$ 7

Torta de frutas R$ 6

Bolo melado de chocolate R$ 11

Frutas assadas com iogurte artesanal e farofa doce R$ 9

Sorvete R$ 10

Cafeteria (15:30 às 20:00)

Doces

Todas as sobremesas do almoço executivo

Doces caseiros de pequenos produtores de São Paulo

Salgados e lanches

Sanduíche de costelinha assada com melado, Agrião e mostarda c/ Chips R$ 22

Lanches de frios e embutidos (opções sortidas e sazonais) R$ 15

Empanadas caseiras (fornadas de hora em hora) R$ 7

Pão de beiju artesanal com alecrim e azeite R$ 5 (unid)

Pães na chapa com manteiga e/ou geleia R$ 5

Porções

Tortilhas de pão pita com duo de pastas R$12

Mix de Castanhas (90gr.) R$ 10

Bolinhos de arroz com abóbora, recheados com queijo fresco (3 unid) R$ 15

Bolinhos de banana recheados com barriga de porco (3 unid) R$ 16

Bebidas

Red Bull

Red Bull ​​​​​​​​​​R$ 5

Red Bull Sugar Free ​​​​​​​​​R$ 5

Red Bull Blueberry​​​​​​​​​ R$ 5

Red Bull Cranberry​​​​​​​​​ R$5

Red Bull Lime​​​​​​​​​​ R$ 5

Red Bull Tropical ​​​​​​​​​R$ 5

Cocktails não alcoólicos R$ 10

Cocktails alcoólicos R$ 17

Cafeteria

Café expresso  (Martins Café)​​​​​​​ R$4,50

Café coado R$ 3

Cappucino (*)​​​​​​​​​ R$ 7

Macchiato (*)​​​​​​​​​ R$ 5

Café gelado R$ 4

Chá quente (Ervas Frescas)​​​​​​​ R$ 3,50

(*) Leite vegetal ​(+ R$ 3)

Soft

Água R$ 4 ​​​​​​​

Chá gelado do dia​​​​​​​​​ R$ 3,50

Limonada chorriada (c/ rapadura)​​​​​​ R$ 3,50

Suco natural R$ 7

Horário de funcionamento: almoço executivo 11:30 às 15:30, Cafeteria 15:30 às 20:00.

Exposições

Exposições Moto Perpétuo e Aproximadamente 800cm³ de Pla entram na programação

29mar

por Red Bull Station

Neste sábado, dia 1º de abril, o Red Bull Station recebe a abertura das exposições “Moto Perpétuo“, de Luisa Puterman, e “Aproximadamente 800cm3 de PLA”, com curadoria de Gabriel Menotti.

Na ocasião, além de uma exposição guiada pelos próprios artistas, os visitantes poderão assistir, às 18h30, a uma performance sonora de Luisa Puterman, criada exclusivamente para a obra apresentada.

moto perpetuo

Na Galeria Principal,  MOTO PERPÉTUO, a instalação imersiva de Luisa Puterman propõe um ambiente multissensorial de luz e som que remete às transformações urbanas acontecidas ao longo da história. As sonoridades exploradas têm por base materiais sonoros como vidro, pedra e areia, que, relacionados às práticas de construção antigas e contemporâneas, convidam o público a refletir sobre as dinâmicas das transformações urbanas.

3d4

Já a exposição  800CM3 DE PLA será exibida na Galeria Transitória. 800cm3 de PLA é o volume total de plástico contido num carretel para impressão 3D. O projeto com curadoria de Gabriel Menotti busca mostrar o rico estado da arte digital em 3D, materializando-o em um espaço físico. Modelos virtuais enviados pelo público foram impressos em plástico e são aqui apresentados em um gabinete de curiosidades feitas por computador.

A entrada é gratuita.

As exposições vão até o dia 13 de maio.

Nosso horário de funcionamento é de terça a sexta: das 11h às 20h / sábado: das 11h às 19h

Gastronomia

Mandíbula e Move Institute assumem temporada na Cafeteria

17mar

por Red Bull Station

A partir do dia 20 de março, a Cafeteria do Red Bull Station ganha reformulação no cardápio e nova estrutura. A chef Tati Szeles deixa o comando da cozinha a partir de sábado (18) e dá espaço para a parceria com o Move Institute e Mandíbula, que assumem temporariamente até o dia 7 de abril.

Durante este período, o Mandíbula fornecerá cafés, drinks e salgados e o Move Institute fornecerá hambúrgueres e outras comidinhas veganas.

Cafeteria Station

Horário de funcionamento: terça a sexta das 11h às 20h, sábado das 11h às 19h.

Confira cardápios abaixo:

Mandíbula

Água – R$ 5,00
Refrigerante – R$ 5,00
Suco lata – R$ 6,00

Red Bull Energy Drink – R$ 5,00
Red Bull Cranberry – R$ 5,00
Red Bull Lime – R$ 5,00
Red Bull Blueberry – R$ 5,00
Red Bull Tropical – R$ 5,00
Red Bull Sugarfree – R$ 5,00

Absolut – R$ 15,00
Jim Beam – R$ 15,00
Gim Beefeater – R$ 15,00
Cachaça – R$ 10,00
Cerveja – R$ 9,00

Red Bull Twist (Não Alcoólicos) – R$ 10,00
Mojito Twist (Red Bull Lime + limão + hortelã) – R$ 10,00
Marola (Red Bull Tropical + suco de maracujá + limão + capim santo) – R$ 10,00

Drinks Red Bull (Alcoólicos) – R$ 17,00
Cranberry Bull by Mandíbula (Vodka + cranberry desidratado + limão + Red Bull Cranberry) – R$ 17,00
Tropical Gin (Gin + laranja + Red Bull Tropical) – R$ 17,00
Chuck Berry (Whiskey + limão + Red Bull Blueberry) – R$ 17,00
Cranberry Spritz (Aperol + laranja + Red Bull Cranberry) – R$ 17,00

Move Institute

Hambúrguer vegano – R$18,00
Banana da terra chips – R$7,00 (porção)
Pães de melado recheado com pasta de laranja – R$7,00

Opção de salgados com massa integral:
Quiche de alho poró + salada orgânica – R$14,00
Torta fechada com queijo vegan + salada orgânica – R$14,00

Gastronomia

Aprenda a combinar coquetéis criativos para programas diurnos

02mar

por Tatiana Szeles

Almoços, fins de tarde, situações em que as pessoas estão com vontade de experimentar um sabor diferente, mas não querem consumir álcool: que tal conhecer e aprender a preparar bebidas para esses momentos? “Se for analisar o consumo de coquetel sem álcool, ele é para um momento mais diurno”, diz o mixologista Sylas Rocha.

_MG_7489

O profissional explicou como desenvolve esse tipo de drinque. “O processo de criação sempre é baseado em alguns fatores. No Brasil, devido ao clima, a gente é muito voltado para o cítrico, para o refrescante, então não entra nada amargo, forte”, conta ele.

Tem interesse em se arriscar na produção? Ele dá a dica: “Na hora de criar temos que analisar critérios culturais, geográficos e puxar inspirações, misturando com tendências também: gengibre, botânicos, hortaliças. Gengibre bem dosado é bem refrescante. Manjericão também vem crescendo. E a junção de algumas ervas como um todo, como o alecrim que vem sendo mais utilizado, o zimbro, que as pessoas hoje em dia sabem um pouco mais o que é, que é o botânico mais presente no gin e vem tendo uma crescente como aromatizador. Daí fazemos testes e combinações pra chegar no melhor possível”, conta Sylas.

Abaixo, ele sugere três receitas de coquetéis que funcionam bem em dias quentes:

>>COM GENGIBRE: Red Bull Twist Bivolt
“O gengibre tem muito essa pegada do lúpulo, ele convida a mais um gole”, diz Sylas.

Bivolt2

Ingredientes:
60mL de suco de Maracujá
90mL de chá de Hortelã gelado
Uma colher de chá de gengibre picado
Uma lata de Red Bull Sugarfree

Modo de preparo:
Macere o gengibre, adicione o suco de Maracujá e o chá de hortelã em um copo com gelo. Misture, complete com Red Bull Sugarfree ou Energy Drink, decore com um ramo de hortelã.

>>COM LIMÃO SICILIANO: Red Bull Twist Tropicál​ia

Tropicalia2

Ingredientes:
100ml de chá mate gelado
Meio limão siciliano espremido
2 fatias de limão siciliano
Uma lata de Red Bull Tropical Edition​

Modo de preparo:
Esprema meio limão siciliano em um copo com gelo e adicione o chá mate gelado e as fatias de limão siciliano. Complete com Red Bull Tropical Edition.

>>COM MELANCIA: Red Bull Twist Magali
“Esse é bem legal e cabe super fácil, é bem brasileiro”, conta o mixologista.

Magali2

Ingredientes:
100ml de suco de Melancia Meio limão espremido
2 fatias de limão
Uma lata de Red Bull Red Edition

Modo de preparo:
Esprema meio limão em um copo com gelo e adicione o suco de Melancia e as fatias de limão. Complete com Red Bull Red Edition.

(Ilustrações de Vanessa Kinoshita)

Arte

Exposições “Aceita?” e “Construção de Valores” são prorrogadas até 25/3

24fev

por Red Bull Station

As mostras “Construção de Valores”, de André Komatsu, e “Aceita?”, de Moisés Patrício, foram prorrogadas até 25 de março.

A instalação de Komatsu ocupa a Galeria Principal do prédio. Nela, o artista apresenta um conjunto de mais de 700 mil cópias, entre imagens e verbetes de dicionário, empilhadas em 62 torres rigorosamente organizadas no espaço. As imagens foram extraídas de meios de comunicação, e dentre os verbetes se encontram palavras como ordem, poder, estrutura, sistema, território e estado. Ventiladores ligados no entorno dessas “edificações” desestabilizam as pilhas, rearticulando imagens e verbetes em novos conjuntos, nos convocando a refletir sobre as estruturas que moldam a sociedade. Leia aqui entrevista com o artista.

"Construção de Valores", de André Komatsu
“Construção de Valores”, de André Komatsu

“Aceita?” fica na Galeria Transitória e é uma série que Moisés Patrício vem desenvolvendo desde 2013 para as redes sociais. Artista negro, morador da periferia de São Paulo e praticante do candomblé, Patrício produz religiosamente uma imagem por dia como forma de documentar o seu cotidiano e refletir sobre a sua condição na cidade. As imagens são meticulosamente projetadas e têm a mão aberta do artista como oferenda principal, sempre relacionada a frases que escuta ou a objetos que Patrício encontra em seu trajeto pela cidade. No vídeo abaixo, o artista fala sobre o trabalho.

Estamos abertos de terça a sexta, das 11h às 20h, e aos sábados, das 11h às 19h. A entrada é gratuita.

Arte

Chamado aberto para a mostra “Aproximadamente 800 cm3 de PLA”

24fev

por Red Bull Station

APROXIMADAMENTE 800 cm3 DE PLA é uma exposição que busca mostrar o rico estado da arte digital em 3D, materializando-o em um espaço físico. Modelos virtuais são impressos em plástico e apresentados em um gabinete de curiosidades feitas por computador. Em abril, o projeto chega à Galeria Transitória do Red Bull Station.

A participação é aberta a qualquer pessoa interessada em contribuir. Vale qualquer tipo de modelo: esculturas generativas, personagens animados, props para filme e/ou videogame, projetos de engenharia, maquetes virtuais, tomografias computadorizadas.

3d4

Para ter a sua obra incluída na mostra, basta enviar o modelo 3D até 31 de março, em formato OBJ ou STL, para o e-mail 800cm3@redbull.com.br.

Os modelos recebidos serão impressos em 3D e colocados à mostra na Galeria Transitória de 1 de abril a 13 de maio. As condições completas de participação podem ser lidas abaixo.

De onde vem esse nome?
APROXIMADAMENTE 800 cm3 DE PLA é o volume total de plástico contido num carretel para impressão 3D. O projeto foi iniciado em 2015 durante a bienal de artes digitais “The Wrong”. Na primeira edição foram fabricados 71 modelos variados, criados por participantes de todo o mundo. Essa coleção encontra-se preservada no acervo da Galeria de Arte da UFES e pode ser vista em 800cm3.tumblr.com. O projeto é coordenado por Gabriel Menotti.

_MG_5621

No Red Bull Station, a mostra fabricará os modelos recebidos por e-mail até a matéria-prima acabar. Para que seu projeto seja fabricado e apresentado na exposição, basta observar essas oito regras simples:

1. Qualquer um pode enviar qualquer tipo de modelo 3D virtual para ser impresso e mostrado em APROXIMADAMENTE 800cm3 DE PLA;

2. De modo a estimular diversidade, as propostas estão limitadas a um modelo por pessoa;

3. O modelo deve ser enviado por e-mail, em formato STL ou OBJ, para 800cm3@redbull.com.br. No corpo da mensagem, indique o nome do autor e seu site(s) pessoal(is). Vale perfil em rede social também;

4. Todos os modelos serão produzidos usando os mesmos parâmetros de impressão e uma mesma quantidade de plástico PLA vermelho. Mas não se preocupe com isso: nós cuidaremos de formatar os modelos apropriadamente;

5. Depois de impressos, os modelos serão expostos na Galeria Transitória do Red Bull Station. A documentação das peças pode ser publicada nas redes sociais;

6. Planejamos imprimir a maior quantidade de objetos possível dentro das nossas restrições materiais. No caso de ser preciso fazer alguma triagem, nos basearemos em critérios bastante subjetivos de originalidade e diversidade;

7. Ao fim do processo, os modelos produzidos serão doados e uma coleção com os arquivos originais será publicada on-line. Caso você não queira que seu arquivo seja publicado, nos informe no email de submissão;

8. Ao submeter um modelo 3D para o projeto APROXIMADAMENTE 800cm³ DE PLA, você assume total responsabilidade sobre os direitos autorais da peça, e autoriza o seu uso e reprodução na exposição de acordo com as regras aqui delineadas.

**

ENGLISH VERSION

APPROXIMATELY 800cm³ OF PLA is an exhibition of the rich state of 3D digital art in a physical space. It constitutes a cabinet of computerized curiosities made with 3D printing. In April, the project arrives at Red Bull Station’s Transitory Gallery.

Participation is open to anyone interested in showing their work. You can submit any kind of model: algorithmic sculptures, cartoonish characters, movie or videograme props, engineering projects, virtual maquettes, computerized 3D scans and more!

In order to have your work shown in the exhibition, submit a 3D model by March 31st, in OBJ or STL format, to the email address 800cm3@redbull.com.br. The models will be printed in plastic and put on display at the Transitory Gallery until May 13th. Full conditions of participation can be read below.

Where this name comes from?

APPROXIMATELY 800cm³ OF PLA is the total volume of plastic contained in a spool for 3D printing. The project began in 2015 during The Wrong digital arts biennale. In the first edition, 71 models from participants from all over the world were produced. These objects are currently preserved in the collection of UFES art gallery, and can be seen at 800cm3.tumblr.com. The project is coordinated by Gabriel Menotti.

Conditions of participation

We have a spool of red PLA plastic and we are going fabricate 3D models received by e-mail until this material runs out. For your model to be printed and presented in the exhibition, please observe these eight simple rules:

1. Anyone can submit any kind of virtual 3D model to be printed and displayed on the show;

2. In order to foster participation, submissions are limited to one model per person;

3. The models must be send by e-mail, in OBJ or STL format, to 800cm3@redbull.com.br. In the message body, please indicate the name of the author and his/her personal website or social network profile;

4. All models will be made using the same printer settings and a standard amount of red PLA plastic. But don’t worry about any of this; we will be taking care of formatting them accordingly;

5. Once printed, the object will be put on display at the Transitory Gallery. The documentation of this process can be published on social networks.

6. We plan to print as many objects as possible, within the limits of the available material (one spool of PLA). In case selections must be made, they will be based on the very subjective criteria of originality and diversity.

7. At the end of the process, the models will be donated and a collection with the original files will be published on-line. In case you don’t want your file to be made published, please inform in the submission e-mail;

8. By submitting an object to APPROXIMATELY 800cm³ of PLA, you take full responsibility over the copyright of the piece, and authorize its use and reproduction in the show according to the rules above.

Arte

Giuliano Obici, da 12ª Residência Artística, apresenta performance no centro alemão ZKM

15fev

por Red Bull Station

O artista Giuliano Obici, que participou da 12º Residência Artística do Red Bull Station, apresentou no fim de 2016 o trabalho “Simulacrum Piano” no ZKM (Center for Art and Media de Karlsruhe, Alemanha), um dos centros mais importantes de arte e tecnologia do mundo, junto a Heloísa Amaral (piano) e Anton Kossjanenko (Jan Zorin, no áudio e mix). Assista abaixo.

 

AQUI, relembre como foi a nossa mais recente residência e o trabalho apresentado por Giuliano.

Giuliano Obici e sua instalação de monitores que causam uma 'enchente audiovisual' | Foto: Lost Art / Red Bull Content Pool
Giuliano Obici e sua instalação de monitores que causam uma ‘enchente audiovisual’ | Foto: Lost Art / Red Bull Content Pool