Arte

O caminho que a música percorre até chegar aos nossos ouvidos

20fev

por Red Bull Station

A gente pode até não se dar conta, mas toda música que ouvimos é resultado de um processo que envolve o esforço de muitas pessoas. Trabalho coletivo, ambição e busca por referências são apenas alguns dos elementos por trás da criação de um som. E é para ir mais fundo no assunto que o Red Bull Station recebe no dia 27 de fevereiro, a partir das 20h, o educador, produtor cultural, produtor executivo de turnês e produtos midiáticos (audiovisual, jogos, música, eventos) e consultor brasiliense Fabrício Ofuji para a palestra “Processos Criativos em Música e Produção Cultural“.

Tendo como base seu histórico como coordenador setorial de música do Laboratório Território Criativo, produtor responsável pela banda Móveis Coloniais de Acaju e também as suas experiências como educador, Ofuji irá debater o cenário de produção em projetos culturais abordando principalmente a criatividade. O evento é gratuito e todos os detalhes de como participar estão aqui.

Mas fica desde já a pergunta: é possível fazer com que um processo essencialmente criativo seja colocado dentro da lógica de produção? “É complexo, afinal ruptura, ousadia e outros termos relacionados à criatividade remetem ao oposto”, avalia Ofuji. “Mas é possível sim mensurar a criatividade e colocá-la dentro de uma lógica de produção.”

Claro que, para isso, é preciso ter em mente que o papel da produção cultural vai além do play que damos no streaming. A área é muito mais ampla e está relacionada à realização de serviços e produtos culturais que levam em conta os mais diversos assuntos e manifestações. “As discussões atuais, que vão de censura de exposições à lei de silêncio, ilustram a importância de se continuar produzindo cultura”, explica Ofuji. “Devemos estar sempre atentos.”

Fabrício Ofuji. Crédito: divulgação.
Fabrício Ofuji. Crédito: divulgação.

Fabrício Ofuji possui Mestrado em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero (2010) e já produziu discos, turnês, shows, videoclipes, campanhas digitais e filmes. Entre 2004 e 2016, recebeu diversos prêmios com o grupo Móveis Coloniais de Acaju, entre eles o MultishowOrilaxé – dado pelo grupo Afroreggae –Prêmio da Música Digital, além de apresentações por mais de 100 cidades brasileiras e algumas estrangeiras, com participação em festivais como Rock in RioPukkelpop (BEL) e Primavera Sound (ESP).