Data e horário

12/07/2016 - 13/07/2016

14H - 18H

Local

Auditório

Transitando entre o cinema e a arte contemporânea, cada vez mais presente tanto em exposições quanto em festivais de cinema, o filme de artista é uma entidade híbrida — e daí vem sua força. Ele constantemente desafia a relação do espectador com a imagem, que no cinema mais tradicional é uma posição confortável, estável, pautada pela imersão na narrativa e em processos de identificação.

Kika Nicolela, que há mais de uma década se dedica à realização e curadoria desse tipo de produção, propõe neste workshop refletir sobre sua realização e recepção, passando pelos problemas (e soluções) tanto em termos de financiamento quanto de distribuição.

Além da análise de algumas de suas próprias obras e procedimentos, Kika também abordará trabalhos de artistas como  Cao Guimarães, Gabriel Mascaro, Carlosmagno Rogrigues, Cinthia Marcelle, Omer Fast, Laure Prouvost, Hans Op de Beeck, Douglas Gordon e Ryan Trecartin.

Workshop nos dias 12 e 13 de julho, das 14h às 18h.

Inscrições via assistente.curadoria@redbull.com.br indicando no assunto “[Workshop – Negociando com a imagem: o filme de artista]” e no corpo do e-mail nome completo + contato + breve carta de intenção e mini biografia (um pequeno parágrafo). 20 vagas.

No dia 21 deste mês, a cineasta também faz uma exibição de três curta-metragens seus no Red Bull Station, saiba mais.

Sobre Kika Nicolela
Bacharel em cinema pela USP e mestre em artes visuais pela Universidade de Artes de Zurique, Kika usa a câmera como ferramenta para provocar situações, relações e comportamentos. Já participou de mais de uma centena de exposições individuais e coletivas em mais de 30 países com vídeo-projeções, instalações e fotografias. Entre os espaços em que já expôs, destacam-se o MASP (São Paulo), Museu de Arte Moderna da Bahia (Salvador), Museu Ludwig (Colônia), GL Strand (Copenhagen), Museu de Arte Moderna (Buenos Aires), Parc de la Vilette (Paris), Loop Gallery (Seul) e TPW Gallery (Toronto). Entre os principais prêmios recebidos, podem ser citados o Melhor Video no FIVA Festival Internacional de Videoarte (Buenos Aires, 2012), Prêmio Funarte de Arte Contemporânea (2011), Prêmio Mostras de Artistas no Exterior da Fundação Bienal (2010) e Melhor Video no festival Videoformes (Clermont-Ferrand, 2007). Foi também indicada ao EXTRACT Young Art Prize (Dinamarca) em 2014. Como curadora, Kika Nicolela desenvolveu programas de vídeo para diversos festivais e instituições internacionais. Conheça mais: www.kikanicolela.com