• 26ago
    sofala_ago_site
    Sarau

    Sófálá: Batalha de MC’s

    Neste encontro, 12 artistas irão disputar quem improvisa as melhores rimas. O evento apresentado por Will Smith terá participações especiais da rapper e educadora Tati Botelho MC e da cantora Brisa Flow MC, além de intervenções musicais da multiinstrumentista Desireé Marantes e DJ set do paulistano Batata'Killa. Sobre Tati Botelho MC: Formada em Comunicação Social, a rapper e educadora Tati Botelho sempre busca deixar seus ouvintes capacitados para se somarem à realização de ações e iniciativas socioculturais com poder de transformação social. Suas músicas democratizam a cultura em grupos e comunidades específicas e tendem a trazer à tona valores deixados de lado pela nossa sociedade. Sobre Brisa Flow MC: Iniciou sua carreira em 2010 participando ativamente da cena cultural mineira. Em 2012, mudou-se para São Paulo, onde participou de diversos projetos e eventos relacionados a música e aos direitos das mulheres. Em 2015, recebeu o prêmio Olga “Mulheres Inspiradoras” e em 2016 lançou seu disco “Newen”. Produzido de forma completamente independente, o trabalho esteve entre as listas dos melhores discos do ano selecionados pelo Estadão, Brasileiríssimos e Noticiário Periférico....

    Saiba mais
  • 26ago
    atelieaberto_ago_site
    Residência Artística

    Ateliê Aberto

    Os participantes da 13a edição da Residência Artística do Red Bull Station abrem seus ateliês e apresentam o desenvolvimento de seus trabalhos aos visitantes. Aline Motta Nasceu em Niterói (RJ), mas vive e trabalha em São Paulo. Combina diferentes técnicas e práticas artísticas, mesclando fotografia, vídeo, instalação, arte sonora, colagem, impressos e materiais têxteis. Sua investigação busca revelar outras corporalidades, criar sentido, ressignificar memórias e elaborar outras formas de existência. Em 2017, participou da exposição “Modos de ver o Brasil” com curadoria de Paulo Herkenhoff, Thais Rivitti e Leno Veras. Coletivo Ariana Miliorini/Gustavo Paim/Raquel Krugel Trio de multiartistas inseridos no circuito de música eletrônica experimental e underground. Como coletivo, suas pesquisas se convergem nas situações limite da escuta, instalações e site-specifics de arte sonora e na relação entre som, espaço e tempo. Coletivo Camille Laurent e Stefanie Egedy Juntas desde 2016, a designer de luz Camille Laurent e a designer de som Stefanie Egedy investigam a suspensão, ainda que momentânea, do controle físico e mental por meio da espacialização da luz e do som. Com esse intuito, criam instalações e performances que exploram o uso de movimentos sonoros e luminosos. Flora Leite Nascida em 1988, a artista vive e trabalha em São Paulo e é formada em Artes Visuais pela ECA-USP. Sua pesquisa tenta compreender os parâmetros pelos quais nossa relação cotidiana com os objetos, paisagens e imagens foi construída: acatar a sujeira das coisas para testar até que ponto se pode conviver com elas, dizer alguma coisa delas, apesar delas. Henrique Detomi Graduou-se em Artes Plásticas na Escola Guignard/UEMG, em Belo Horizonte/MG. Como um artista que caminha, Henrique representa em suas pinturas paisagens sempre adicionando determinados objetos ou estruturas irreais. Participa de diversas mostras coletivas e individuais desde 2008. Laura Andreato Nascida em São Paulo em 1978, a artista vive e trabalha…...

    Saiba mais